close

A MARCA QUE CRIOU O BIQUÍNI ESTÁ DE VOLTA
17 Maio 2017

O biquíni foi lançado em 1946 e tornou-se uma peça obrigatória no guarda-roupa feminino, mas poucas pessoas conhecem a sua história e o nome do seu criador: Louis Réard. Depois de várias décadas na sombra, a marca de swimwear Réard Paris é relançada, sob a direção criativa de Céline Adler. 

A designer trabalhou anteriormente na Chloé e promete dar uma nova vida à Réard Paris, honrando o seu legado. Sem fazer referência direta ao estilo pin-up que Louis Réard apresentou nos anos 1950, Céline Adler mantém a essência do biquíni minimal, mas trabalha-o de uma forma mais contemporânea e com o recurso a novas tecnologias, que lhe permite criar um fit preciso e perfeito.
 

A HISTÓRIA DO BIQUÍNI

O biquíni foi criado e lançado quase simultaneamente por dois criadores de moda franceses: Jacques Heim e Louis Réard. No verão de 1946, Jacques Heim criou um fato de banho de duas peças para vender na sua loja de praia em Cannes. Chamou-lhe “Atome”, pelo seu tamanho reduzido e em alusão ao átomo, a mais pequena partícula de matéria conhecida.

A 5 de julho de 1946, somente alguns dias após os testes nucleares no Atol de Bikini, Louis Réard apresentou um fato de banho idêntico, também com duas peças, na Festa das Águas da piscina pública Molitor em Paris. Apelidou-o de “Biquini”, em alusão às experiências atómicas, e proclamou que era “o menor fato de banho do mundo”. A criação de Louis Reard suplantou rapidamente o “Atome” de Jacques Heim e o nome biquíni tornou-se na designação oficial do fato banho de duas peças.

A criação de Louis Réard causou um escândalo tão grande que os modelos seguintes tiveram que ser mais tapados para ajudar a impulsionar as vendas.

O biquíni foi inicialmente banido pela igreja em Itália, Espanha e Portugal. No Rio de Janeiro, em 1947, foi formada a sociedade anti-biquíni. Hollywood rendeu-se, no entanto, ao seu encanto, assim como as atrizes Brigitte Bardot, Marilyn Monroe, Rita Hayworth e Jayne Mansfield. Quando a revista Life publicou uma fotografia de Jayne Mansfield vestida com um biquíni, este passou a ser aceite nos Estados Unidos. 

Os biquínis originais das décadas de 1940 e 1950 eram bastante recatados, quando comparados com os modelos atuais. Os calções eram cortados acima do umbigo e os tops cobriam totalmente o peito. Apesar deste modesto começo, o biquíni consolidou-se nos anos 1960 e sofreu múltiplas transformações nas décadas seguintes. Hoje é considerado um artigo de moda must-have.

 

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Subscrever Newsletter