close

A MODA TEM LUGAR NO MUNDO DA ARTE? O MOMA DE NOVA IORQUE DIZ QUE SIM
12 Setembro 2017

“Items: Is Fashion Modern?” é o título da exposição que inaugura a 1 de outubro no MoMA, em Nova Iorque, onde permanecerá até 28 de janeiro de 2018. A mostra explora o presente, o passado e o futuro de 111 peças de roupas e acessórios que tiveram um forte impacto no mundo da moda nos séculos XX e XXI. Entre elas destacam-se peças tão icónicas como os jeans Levi's 501, o Little Black Dress, a t-shirt branca, o fato, a gravata, o sari ou o colar de pérolas.

Designers, artistas, cientistas, engenheiros e artesãos foram convidados a recriar algumas destas peças icónicas com materiais, abordagens e técnicas pioneiras. Os resultados são expostos lado a lado com as peças originais.

A exposição foca especialmente os objetos e não os designers, examinando as múltiplas relações entre moda e funcionalidade, cultura, estética, política, trabalho, identidade, economia e tecnologia.

“Além de uma poderosa forma de expressão, criativa e pessoal, que pode ser estudada de diferentes ângulos, a moda é, inquestionavelmente, uma forma de design, com o seu discurso assente no equilíbrio entre forma e função, significado e objetivo, tecnologia automatizada e manufatura, massificação e personalização, universalidade e expressão individual”, afirma Paola Antonelli, curadora da exposição, em comunicado.

O título “Items: Is Fashion Modern?” é uma referência à primeira exposição de moda apresentada no MoMA, em 1944. Nesta mostra, intitulada “Are Clothes Modern?”, o arquiteto e curador Bernard Rudofsky explorou a relação individual e coletiva com o vestuário da época, no final da II Guerra Mundial. Passados 73 anos, o museu volta ao tema.

Se for a Nova Iorque nos próximos meses, não deixe de passar pelo MoMA.

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Subscrever Newsletter