close

MODALISBOA LUZ | REPORT 7 DE OUTUBRO
08 Outubro 2017

Carolina Machado | Lab

ModaLisboa Luz convida a um novo olhar sobre a moda e sobre Lisboa, com a bênção dos espaços verdes circundantes, a singular luz que brilha sobre a cidade e a presença fulcral do nosso público e criadores.

Os desfiles de ontem começaram no jardim do Pavilhão Carlos Lopes, com duas estreias na plataforma LAB: Imauve e Carolina Machado. Imauve apresentou “Birds of Paradise”, uma coleção inspirada no filme "On The Milky Road" de Emir Kusturica, que conjugou elementos militares, silhuetas retilíneas, formas fluidas e transparências. O realismo do filme foi materializado num padrão de pássaros coloridos que, segundo a designer da marca, Inês de Oliveira, representa “a incessante busca pela plenitude da natureza humana”.

Depois de quatro edições a apresentar no Sangue Novo, Carolina Machado estreou-se também na plataforma LAB. Nesta estação, a jovem designer baseou-se no filme “Laurence Anyways” de Xavier Dolan e jogou com o contraste de silhuetas fluidas vs estruturadas, cropped vs longas. Trabalhou peças com franzidos, smocks e mangas com volume, com referências do vestuário clássico masculino, assim como peças mais femininas e cingidas ao corpo. 

As Gueixas e o Fado foram os pontos de partida da coleção de David Ferreira, marcada, como habitualmente, por silhuetas volumosas e adornos excêntricos. Silhuetas estruturais que variaram de peças ajustadas a sobredimensionadas feitas em cetins de seda, tule e crepe em tons de azul, rosa, dourado, preto e vermelho. Enfeites de penas de avestruz e ornamentos extravagantes concluíram a sua visão de Gueixa.

Awaytomars apresentou a quarta coleção resultante do seu projeto de colaboração com criativos de todo o mundo. 718 designers de 85 países estiveram envolvidos no processo de cocriação da coleção verão 2018 da marca, composta por peças minimalistas que exploram assimetrias e grafismos. A marca contou com a colaboração do fotógrafo Gleeson Paulino que selecionou algumas das suas fotos mais icónicas para serem retrabalhadas pelo coletivo na composição das estampagens.

O azulejo foi o ponto de partida da coleção “O Globalista” de Nuno Gama. Nesta estação, o criador procurou desconstruir a rigidez da estrutura das peças e das matérias primas, jogando com os opostos opaco / translúcido, curto / comprido. Estampados inspirados nos azulejos e detalhes como bordados, efeitos de favos de mel, nervuras e pregas foram os pontos fortes da sua coleção.

Após uma ausência de três estações, Aleksandar Protic voltou a brilhar na passerelle da ModaLisboa. O designer inspirou-se nas esculturas de Barbara Hepworth e trabalhou formas suaves e orgânicas, em paralelo com formas mais rígidas e geométricas, traduzindo as aberturas e os fios de conexão que estão sempre presentes nas obras da artista através de pregas, drapeados e cintos. Sedas e algodões foram os seus materiais de eleição. As cores: dourado, mostarda, bronze, branco e preto.

Peças frescas e versáteis, com múltiplos grafismos e estampagens coloridas inspiradas na arte deco da década de 1950 e na arquitetura, movimentos culturais e paisagens de Cuba são as propostas da Cia. Marítima para o próximo verão. A conhecida marca brasileira de beachwear trabalhou peças chave como bodies, biquínis, kaftans, vestidos midi em tecidos fluidos e numa paleta cromática forte e variada.

Ricardo Andrez partiu do cenário artificial criado pelo naufrágio do navio japonês Reijin na praia da Madalena, V.N.Gaia, em 1988 para criar uma coleção de streetwear repleta de cor, aplicações e misturas de materiais com diferentes texturas e brilhos.

Christophe Sauvat continua a apostar na estética ethnic-chic e nesta estação viajou até ao litoral de Cassis, em França, em busca de inspiração. Desta “viagem” resultou uma coleção clássica e cool, com detalhes requintados e múltiplas estampagens.

O segundo dia de desfiles da ModaLisboa Luz terminou com a apresentação da coleção “Silencio” de Dino Alves. Nesta estação, o criador trabalhou peças depuradas, formas direitas e fluidas com barras e linhas de cor criadas através de debruns XL e tiras entrelaçadas ou soltas, que se transformaram visualmente em riscas.

A ModaLisboa Luz continua hoje com os desfiles de Morecco, Nair Xavier x Diniz&Cruz, Eureka, Olga Noronha, Nadir Tati, Luís Carvalho, Mustra e Filipe Faísca.

Será mais um dia repleto de brilho, criatividade e inovação.

Clique nos links abaixo para ver as coleções completas de:

IMAUVE | LAB:
CAROLINA MACHADO | LAB
DAVID FERREIRA | LAB
AWAYTOMARS | LAB
NUNO GAMA
ALEKSANDAR PROTIC
CIA. MARÍTIMA
RICARDO ANDREZ
CHRISTOPHE SAUVAT
DINO ALVES

MODALISBOA LUZ
SS 18
5. 6. 7. 8 OUTUBRO 2017
PAVILHÃO CARLOS LOPES

Apresentação Oficial das Coleções dos Criadores Portugueses

Uma organização conjunta da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação ModaLisboa

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Subscrever Newsletter