close

“MODELS MATTER” REÚNE FOTOGRAFIAS DE MODELOS ICÓNICAS DAS DÉCADAS DE 1950 A 1980
02 Junho 2017

O livro “Models Matter”, editado pela Damiani, reúne uma seleção de fotografias de modelos icónicas das décadas de 1950 a 1980, assinadas por grandes fotógrafos como Irving Penn, Antonio Lopez e Richard Avedon.

Em 2008, o stylist francês Christopher Niquet viu a supermodelo dos anos 1960, Peggy Moffitt, num restaurante em Beverly Hills e pediu-lhe um autógrafo. Quando chegou a casa, decidiu rever o seu extenso arquivo de revistas de moda dos anos 50, 60, 70 e 80, em busca de imagens de outras modelos que foram os rostos dessa época. Encontrou uma fotografia de Peggy Moffitt tirada pelo fotógrafo William Claxton e decidiu emoldurá-la juntamente com o autógrafo que havia pedido a Peggy. Gostou tanto da ideia, que resolveu fazer o mesmo com fotografias de outras modelos que admira, tendo reunido mais de cem assinaturas e fotos vintage da autoria de fotógrafos famosos como Irving Penn, Antonio Lopez e Richard Avedon. As imagens mais icónicas desta coleção são agora reveladas no livro “Models Matter”.

O prefácio do livro é assinado pelo fotógrafo Steven Meisel, que revela: “Até conhecer Christopher Niquet, achei que era o único admirador e arquivista das histórias desses rostos sem nome dos anos 50 ao fim dos 80. O fato de alguém tão jovem quanto ele se importar com isso causa-me surpresa, alívio e esperança.”

“A maior parte das grandes modelos das décadas passadas ainda ocupa os moodboards de designers e fotógrafos, mas, para o grande público, elas são rostos sem nome, já que os seus créditos não apareciam nos editoriais da época. Este livro é a minha declaração de amor a essas modelos”, declara Christopher Niquet. “Há um mistério em torno das mulheres que estão no livro. Elas eram famosas pela beleza, mas também pela personalidade única que tinham, além de serem incrivelmente elegantes”, acrescenta.

O stylist francês pediu também a alguns profissionais de moda, como Juergen Teller ou Karl Lagerfeld para escreverem pequenos textos sobre as modelos retratadas. Juergen Teller revela o seu truque para conseguir a melhor imagem de Claudia Schiffer: “eu deixo-a fumar”. Karl Lagerfeld fala da adoração por Inès de la Fressange: “era a modelo francesa mais extraordinária, porque tinha algo que as outras não tinham - elegância com atitude”.

Christopher Niquet estudou literatura na Sorbonne, mas abandonou o curso quando conseguiu uma vaga no departamento de moda da revista parisiense Self Service, onde permaneceu dois anos. Mudou-se para Nova Iorque para trabalhar como stylist para revistas como a Teen Vogue e a masculina Details. Atualmente trabalha na Vanity Fair francesa e este é o seu primeiro livro.

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Subscrever Newsletter