close

NOVO LIVRO CELEBRA 70 ANOS DE CRIAÇÕES PIERRE CARDIN
27 Novembro 2017

O livro “Pierre Cardin”, editado pela Assouline, celebra o legado de inovação de um dos grandes nomes da moda do século XX. O designer italiano - descrito por Marisa Berenson (neta de Elsa Schiaparelli) como "um homem de paradoxos e contradições ... um homem sem fronteiras ou limites em si mesmo, como o universo” - descreve a publicação como “uma experiência única no mundo da moda para celebrar 70 anos de design". 

Pierre Cardin, natural de San Biagio di Callalta, Itália, tornou-se conhecido pelas suas criações de look futurista e formas geométricas. A sua carreira no mundo da moda começou em 1945, quando emigrou para Paris e começou a trabalhou para Jeanne Paquin e Elsa Schiaparelli. Em 1947, integrou a equipa criativa da casa Dior e participou na criação do famoso “New Look”. Quatro anos depois, lançou a sua própria marca. "Inegavelmente, no início, quando deixei a Dior, fui motivado por uma grande ambição. Queria apresentar o meu estilo, mais do que qualquer coisa”, relembra o designer.

Apaixonado pelo mundo das artes, Pierre Cardin desenhou máscaras e figurinos para teatro e em 1954 criou o famoso vestido “Bubble”, que se tornou um sucesso mundial e permanece, ainda hoje, uma marca de inovação. Nesse mesmo ano, abriu a sua primeira loja, “Eve”, logo seguida pela “Adam”, de moda masculina. Em 1964, lançou a coleção de moda unissexo, “Cosmos”. A partir daí, a sua marca cresceu consideravelmente. Pierre Cardin foi o primeiro a demonstrar que a moda pode ser tanto um processo criativo como um negócio e que um designer pode sobressair como empresário e como artista. Foi pioneiro a diversificar a sua empresa e a investir em algo mais do que a moda. Em 1970, comprou o antigo Thèâtre do Ambassadeurs e transformou-o numa sala de espetáculos, o Espace Cardin. Em 1978, assinou contratos de fabrico com a URSS, sendo o único criador de moda a abrir uma fábrica num país comunista. Cinco anos depois, abriu o primeiro restaurante ocidental na China: Maxim's. 

Design industrial, mobiliário, interiores, perfumes ... o nome de Pierre Cardin está escrito em centenas de produtos diferentes. Mas a moda continua a estar no centro de tudo o que faz, mesmo após 70 anos. "A moda ainda é a melhor forma de expressar a minha visão criativa", afirma Pierre Cardin. "Eu sou, antes de tudo, um designer de moda".

 

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Subscrever Newsletter