close

MODALISBOA MULTIPLEX | REPORT 14 DE OUTUBRO
15 Outubro 2018

Imauve | Lab
Duarte | Lab
Carolina Machado | Lab
Andrew Coimbra | Lab
Olga Noronha | Lab
Filipe Faísca
Gonçalo Peixoto | Lab
Kolovrat
Dino Alves

Imauve, Duarte, Carolina Machado, Andrew Coimbra, Olga Noronha, Filipe Faísca, Gonçalo Peixoto, Kolovrat e Dino Alves foram os protagonistas do último dia de desfiles da ModaLisboa Multiplex.

No Lago do Botequim do Rei, Imauve apresentou “Endless”, uma coleção que cruzou influências da escultura grega e neoclássica - as formas naturalistas, a proporção, as vestes com pregueados finos - com linguagem atual do artista Daniel Arsham. Inês Oliveira, designer da marca trabalhou silhuetas longilíneas, cintadas e evasé, com detalhes franzidos e assimetrias em materiais como seda, algodão, viscose, malha, tule e lantejoulas. Branco, mármore, cobre, vermelho e preto foram as suas cores de eleição.

Seguiu-se o desfile de Duarte, que nesta estação teve como principal inspiração as corridas de Formula 1. Seguindo o conceito de sportswear luxury, a designer Ana Duarte traduziu o lifestyle da competição numa colorida coleção marcada pelo contraste de silhuetas oversized / fitted e materiais naturais / tecidos técnicos. A paleta de cores incluiu bege, vermelho, preto e vários tons de azul.

Cuba nos anos 50 foi o ponto de partida para “Trópico”, a nova coleção de verão de Carolina Machado. Uma coleção fluida, onde se destacaram os franzidos, cortes assimétricos, drapeados e os tons terracota. Segundo a designer, a paleta de cores foi inspirada na pintura “Kiss Me” de Inès Longevial, onde a artista explora a silhueta feminina, através de técnicas de distorção e fragmentação.

O jovem designer luso descendente, Andrew Coimbra, inspirou-se em artistas contemporâneos como Jean-François Lauda, Keith Coventry e John Zabawa e criou um equilíbrio entre um streetwear casual com um estilo urbano mais clássico e trabalhado, misturando materiais como linho, crepe e algodão com lã de Melton. Nas cores, optou por clássicos como preto, cinzento, caqui e vermelho.

Olga Noronha apresentou uma nova coleção de esculturas vestíveis feitas em celuloide, que envolveram o corpo das modelos rígida e naturalisticamente, com o dinamismo do movimento.

“Abelha, símbolo de trabalho árduo; Borboleta, personificação máxima da beleza nipónica – a gueixa – a mulher que voa ao sabor da elegância; Libelinha, a ponte entre tudo o que fomos e quase tudo aquilo que somos; Flor, tão pura, tão frágil, tão mulher”: foram estes os conceitos base da coleção de Filipe Faísca, que voltou a primar pela elegância. Os bordados da Madeira adicionaram delicadeza às suas propostas, assim como a cuidada seleção de materiais (organdi, linho, seda, viscose e lã) e cores (preto, branco, vermelho, verde seco e ametista).

A coleção de Gonçalo Peixoto formou-se a partir das conjeturas e projeções que as várias formas de relação intra feminina apresentam na contemporaneidade. Com uma abordagem edgy e silhuetas desconstruídas do streetstyle, o jovem designer revisitou e reinterpretou clássicos intemporais.

Lidija Kolovrat apresentou “Passaporte”, uma coleção inspirada nos sonhos, repleta de cores vivas, onde os tecidos, padrões e cortes nos transportaram para uma existência de libertação.

Dino Alves falou-nos da beleza interior porque “a nossa imagem deve vir de dentro para fora e a roupa deve ser uma espécie de segunda pele e extensão de nós mesmos”. O interior das peças assumiu, assim, protagonismo na coleção do criador, assim como as peças feitas a partir da união de vários elementos, as transparências, as misturas de estampados e texturas, as manchas de cores que lembraram telas pintadas. Vermelho, lilás, amarelo, branco, preto, beges, azuis, verdes, castanhos, dourado foram as cores de eleição do criador nesta estação.

E assim terminou a ModaLisboa Multiplex, uma edição de homenagem a todos os que fazem com que a moda seja versátil e continue a ter muitas vidas e formas de expressão.

Se não teve a oportunidade de acompanhar durante o fim de semana, aceda agora ao site, facebook, instagram e apps ModaLisboa e fique a conhecer as propostas dos criadores nacionais para o verão 2019.

Celebre connosco a forma múltipla de viver e fazer a moda!

Multiplex. Um património, muitas vidas.
 

Clique nos links abaixo para ver as coleções completas de:

IMAUVE

DUARTE

CAROLINA MACHADO

ANDREW COIMBRA

OLGA NORONHA

FILIPE FAÍSCA

GONÇALO PEIXOTO

KOLOVRAT

DINO ALVES

MODALISBOA MULTIPLEX
SS 19
11. 12. 13. 14 OUTUBRO 2018
PAVILHÃO CARLOS LOPES

Apresentação Oficial das Coleções dos Criadores Portugueses

Uma organização conjunta da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação ModaLisboa

Enviar foto para o e-mail:


Pedido de Imagens

Concordo com a Polí­tica de Privacidade