close

MODALISBOA N.50
WORKSTATION
05 Março 2018

 

A principal linguagem da Moda continua a ser a imagem. Sem a imagem que reflete os eventos, os desfiles e as coleções, a Moda é transparente, quase invisível, por vezes indizível, e é como se não existisse.

Com a imagem, a Moda ganha espessura, corpo e identidade. Vive para além da vida curta dos eventos, chega mais longe do que as fronteiras estabelecidas pela criação, projeta o nosso futuro.

A imagem da Moda registada pela fotografia pode modificar completamente a perceção que temos da criação de Moda, levando a que ela própria se transforme numa arte paralela e autónoma.

É por isso que a ModaLisboa continua a dar carta-branca aos fotógrafos convidados para a WORKSTATION. Porque só essa liberdade artística permite que encontremos nos seus trabalhos uma perspetiva diferente daquela que, como amadores ou profissionais, testemunhamos do evento.

MODALISBOA N.50 convida os fotógrafos Ana Roque Di PinhoArlindo Camacho e Pedro da Silva para, através deles, perceber de que forma evoluiu esta linguagem fotográfica de Moda que, para muitos, se tornou comum, mas que continua a descobrir novos intérpretes, novas plataformas e formas de expressão.

O importante não será criar uma imagem que valha por mil palavras mas uma imagem que descreva a palavra certa que todos queremos ouvir: Moda.

O trabalho dos nossos três profissionais estará exposto na área exterior do Pavilhão Carlos Lopes, nos dias 9, 10 e 11 de marçoA entrada é livre.
 

FOTÓGRAFOS CONVIDADOS


ANA ROQUE DI PINHO

Ana Roque di Pinho estudou fotografia e arte. Começou a experimentar a fotografia analógica há 3 anos ao capturar a sua vida privada e, pouco a pouco, criou uma imagem e linguagem únicas que agora usa para expressar as coisas que a movem. As suas imagens são caracterizadas por uma busca de equilíbrio, ciclos, e também um uso muito específico de cor e luz.

Atualmente, Ana Roque di Pinho está imersa em projetos mais pessoais, investigando conceitos como autoconhecimento, instinto, linguagem corporal, feminilidade, equilíbrio das cores (confronto harmónico das cores) e simplicidade (less is more).
 


ARLINDO CAMACHO

Arlindo Camacho nasceu em Lisboa em 1982 e revelou, desde cedo, uma grande paixão pela fotografia. Em 2004, tirou o curso de Artes Visuais na Ar.Co e dois anos depois ingressou no Curso Profissional de Fotografia do IPF. Começou a trabalhar no DN e hoje, em regime freelancer, colabora com alguns meios nacionais e internacionais, como a Time Out Lisboa, onde publica regularmente há 8 anos. Tem vindo a trabalhar de forma crescente com vários músicos e bandas nacionais, desde a criação da imagem para os seus álbuns ao acompanhamento em turné. Desde 2008, desenvolve um projeto documental na ModaLisboa, retratando, sob a sua perspetiva singular, o panorama da moda nacional.
 


PEDRO DA SILVA

Pedro da Silva nasceu na Guarda em 1985. Licenciou-se em Design de Comunicação e Produção Audiovisual, na Escola Superior de Artes Aplicadas, e dois anos depois tirou o curso de fotografia no Ar.Co. Desde então, dedica-se à fotografia de moda, tendo como hobby a fotografia analógica. Já teve várias publicações em revistas como Fucking Young e Prinçipal, e trabalha como fotógrafo e filmmaker na Karacter Agency há três anos.
 

MODALISBOA N.50
FW 18/19
8. 9. 10. 11 MARÇO 2018
PAVILHÃO CARLOS LOPES

Apresentação Oficial das Coleções dos Criadores Portugueses
Uma organização conjunta da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação ModaLisboa

Enviar foto para o e-mail:


Pedido de Imagens

Concordo com a Polí­tica de Privacidade

Subscrever Newsletter