close

CONSTANÇA ENTRUDO | SS 19
LAB


CONNECTIONS

São as perguntas que despertam a criatividade de Constança Entrudo e que abrem espaço para novas possibilidades. Partindo da ideia de que ‘uma pergunta é uma resposta mas uma resposta não é uma pergunta’, esta coleção absorve-nos para um universo estético e criativo em que a moda toca os limites da arte através de um conceito que também nos leva a fazer perguntas.

O seu trabalho quer desafiar códigos pré-estabelecidos (e que representam a moda de agora) através de experiências de paródia, humor e inversão, sempre com um elemento de performance.

A coleção não tem género, é para homens e mulheres, e todas as peças estão ligadas de alguma forma. Unem-se através de botões (uma colaboração com a joalheira Colomb D’Humieres) feitos de materiais diversos, encontrados em lugares diferentes. É este elo de ligação que junta as peças e a sua desconstrução que abre a possibilidade de as vestirmos de diferentes formas, como se a coleção fosse um puzzle.

Estas colaborações também são uma parte fundamental da coleção e do trabalho de Constança Entrudo. Mais do que intervenções na coleção, as colaborações com outros designers e artistas recuperam a importância das ligações entre pessoas com diferentes referências, culturas, influências.

O elemento de desconstrução é evidente no desfile através da performance - à medida que os coordenados se transformam, tudo se transforma com eles.


COLABORAÇÕES:

COLOMB D’HUMIERES - Transforma metal em joias. Criou os botões que unem as diferentes peças.

MARIE HAZARD - Recupera a tecelagem como forma tradicional de criar matéria. Traz à coleção a importância do detalhe e da pequena produção numa era marcada pelos impérios de fast fashion.

NADIA WIRE - A designer trabalha as malhas segundo a sua própria perspetiva, dando especial importância à experimentação com cor e texturas.


Pedido de Imagens

Concordo com a Polí­tica de Privacidade