close

AS DIVERSAS EXPRESSÕES DA OBRA DE JOÃO ONOFRE
04 Janeiro 2019

As diversas expressões da obra do artista português João Onofre serão tema de uma nova exposição, que estará patente de 16 de fevereiro a 19 de maio, na Culturgest, em Lisboa

Conhecido principalmente pelo seu trabalho em vídeo, João Onofre (Lisboa, 1976) tem vindo a dedicar-se também a muitos outros suportes, nomeadamente o desenho, o trabalho sonoro, a fotografia, a performance e a escultura.

A exposição apresentará as diferentes modalidades com que o artista tem vindo a refletir sobre a história da arte conceptual e a converter as suas referências em novas expressões marcadas por uma poética própria, complexa e sintética.

Esta será a maior exposição retrospetiva do trabalho de João Onofre realizada até agora, apresentando também obras inéditas e um projeto concebido especificamente para a Culturgest.

João Onofre (Lisboa, 1976) estudou Pintura na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa, concluindo posteriormente o Master of Fine Arts no Goldsmiths College, em Londres.

A natureza da cultura e os seus processos de transmissão ocupam a maior parte do processo criativo do artista, revelando as disrupções inerentes à sua mediação. O seu trabalho revela a tensão dum mundo híper mediatizado, o nonsense duma realidade ficcionada, e a espiral referencial que domina a cultura contemporânea. 

João Onofre tem apresentado os seus trabalhos em alguns dos mais prestigiados museus e galerias nacionais e internacionais, nomeadamente no MOMA Contemporary Art Center, em Nova Iorque; o Museu Nacional Arte Contemporânea – Museu do Chiado, em Lisboa; o Centro Galego Arte Contemporanea, em Santiago de Compostela; a Fundació Joan Miró, em Barcelona; e o Palais de Tokyo, em Paris. Está representado em diversas coleções públicas e privadas, nacional e internacionalmente.

 

 

Enviar notícia para o e-mail:


Pedido de Imagens

Concordo com a Polí­tica de Privacidade