WORKSTATION NEW MEDIA

O projeto da Associação ModaLisboa com o apoio da República Portuguesa — Cultura / Direção Geral das Artes está de volta para uma nova edição.

Os novos media fortaleceram a diluição das fronteiras formais da prática artística, acelerando uma hibridização dos territórios de pensamento contemporâneo e também da concretização material da Moda. É nesta convergência que se posiciona a WORKSTATION NEW MEDIA: uma plataforma de experimentação, exposição e captação de novos talentos que dá agora início à sua segunda edição com um open call.

A ModaLisboa procura pessoas que explorem os novos media aplicados à Moda, com uma vertente artística, inovadora e sustentável. O concurso abrange qualquer formato new media com linguagem de Moda — Moda digital, NFT (non-fungible token), 3D (Construção de objetos, avatares, ambientes) ou Interação humana em espaços virtuais, como Gaming, Ações ou Aplicações de Realidades Estendidas (Virtual/Aumentada/Mista) — e as CANDIDATURAS estão abertas até 18 DE JULHO DE 2024.

O júri, composto por Eduarda Abbondanza, Manuel Bogalheiro e ZABRA, avaliará os projetos tendo em conta critérios como relevância conceptual, inovação tecnológica, promoção do diálogo intercultural e inclusão de um ou mais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), enquanto resposta à crise climática. Os finalistas integrarão a exposição WORKSTATION NEW MEDIA, com curadoria ZABRA, onde será anunciado o projeto vencedor do prémio de dois mil euros.

A exposição de entrada livre decorre em paralelo à 63ª Lisboa Fashion Week, de 9 a 13 de outubro. Além dos projetos do open call, a WORKSTATION NEW MEDIA continua a desenvolver um trabalho de mediação desta comunidade criativa em crescimento, apresentando obras de Carincur, João Pedro Fonseca e Gonçalo Guiomar; Rodrigo Gomes; e Tupac Martir (Satore Studio).

 

carincur joao fonseca goncalo guiomar

CARINCUR, JOÃO PEDRO FONSECA, GONÇALO GUIOMAR

Carincur e João Pedro Fonseca, ambos artistas transdisciplinares, têm colaborado como dupla desde 2020. Para além dos seus vastos currículos como criadores independentes, têm cocriado vários projetos com foco nas tecnologias imersivas. Carincur investiga e desenvolve uma prática que tece a imagem do ser humano num híbrido com a tecnologia. Explora fenómenos acústicos e perceções (i)materiais para a criação de vozes pós-humanas para entender as transições entre corpos orgânicos e digitais. João Pedro Fonseca tem um trabalho dedicado ao ciberespiritualismo, à espectralidade, territórios experimentais e propriedades imateriais com o objetivo de criar ambientes dotados de consciência viva e entidades hipersticionais. Para esta cocriação, convidam Gonçalo Guiomar, um pesquisador e artista que desenvolve projetos que envolvem técnicas avançadas de inteligência artificial e é focado na compreensão de sistemas autopoiéticos e as representações subjacentes que permitem que eles interajam com o ambiente ao redor.

rodrigo gomes

RODRIGO GOMES

Faro, 1991. Rodrigo Gomes é artista Luso-Brasileiro. Vive e trabalha em Lisboa. Através da escultura e do uso de novos media, o seu trabalho artístico centra-se na forma como as técnicas contemporâneas e as hipertecnologias mediais filtram a realidade e influenciam aspetos socioeconómicos no mundo. Expôs em diversos países, tais como China, Sérvia, Grécia, Itália, EUA, Polónia, França e Portugal.
Em 2021, ganhou o prémio D-Normal / V-Essay Floating Points em Hong Kong (CH), em 2020 o Prémio Black Raven (PT) e em 2017 o Prémio Sonae Media Art (PT).

tupac martir

TUPAC MARTIR

Tupac Martir é um artista digital multidisciplinar premiado, com um portefólio que vai do design de iluminação à realidade performativa, utilizando soluções tecnológicas ad-hoc avançadas na música, teatro, moda, ópera e exposições.
Depois de décadas a explorar a tecnologia, a ciência e a arte, os trabalhos recentes de Tupac debruçam-se sobre LLM (Large Language Model), VR (Realidade Virtual) e VP (Presença Digital), para expandir e diluir as fronteiras do entretenimento, dos media, do teatro e da arte, com peças pioneiras como "UNIQUE".
No design de iluminação, Tupac foi recentemente premiado com o Profile Award em Outstanding Achievement in Innovation pelo seu trabalho em "Find your Eyes", do coreofotologista britânico Benji Reid.

eduarda abbondanza

EDUARDA ABBONDANZA

A Presidente da Associação ModaLisboa e fundadora da Lisboa Fashion Week tem uma extensa carreira que engloba inúmeros projetos e diversos campos de especialização. Combina a direção do projeto ModaLisboa com o ensino de Design de Moda, a direção criativa de marcas e a consultoria de design. Integra vários boards internacionais, elevando e promovendo a Moda nacional no contexto internacional ao longo de mais de 30 anos.

manuel bogalheiro

MANUEL BOGALHEIRO

Manuel Bogalheiro é professor na Universidade Lusófona e na FCSH – UNL. É doutorado em Ciências da Comunicação – Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias (FCSH-UNL). É investigador do CICANT (Centre for Research in Applied Communication) e membro da secção Philosophy of Communication da ECREA (European Communication Research and Education Association). Editou os volumes Crítica das Mediações Totais – Perspectivas Expandidas dos Media (Documenta, 2021), Expressões Visuais Disruptivas no Espaço Público (Edições Lusófonas/CICANT, 2021) e Evaluation of Design-Driven Research (2022).

zabra

ZABRA

CURADORIA WORKSTATION NEW MEDIA

ZABRA é um centro de pesquisa e criação artística pós-humana que, a partir de uma abordagem transdisciplinar e um diálogo interespécies, explora a pós-natureza para a criação contemporânea. O centro incentiva cada artista investigador a desenvolver a sua própria interpretação da arte, tecnologia e ciência, para transformá-la exploratoriamente e aprofundar terrenos desconhecidos. A questão da investigação individual de cada membro da equipa constitui a base do conceito de ZABRA. Ao combinar tecnologias inovadoras com uma mentalidade social e artística, é construída uma rede e uma comunidade que contribui para uma maior democratização ao acesso artístico, tecnológico e científico.

Edições Anteriores

logos